Afinal, qual o melhor pigmento para micropigmentação? Entenda

melhor pigmento para micropigmentação
4 minutos para ler

Uma das dúvidas mais comuns entre os profissionais de estética está relacionada à escolha do produto. Qual o melhor tipo, orgânico ou inorgânico? Qual deles fixa mais? E o melhor custo-benefício?

De fato, quem busca oferecer um serviço de qualidade deseja saber qual o melhor pigmento para micropigmentação. Mas como encontrar essa resposta? Uma boa sugestão é continuar a leitura deste texto!

Como avaliar um pigmento?

Para obter um resultado satisfatório, é preciso dominar as técnicas da micropigmentação e adotar alguns critérios para a escolha do produto. Confira um passo a passo que vai ajudá-la na tomada de decisão.

Verifique se o produto tem autorização da Anvisa

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) é o órgão responsável pela fiscalização da legislação sanitária. Os itens utilizados no procedimento como agulhas, pigmentos e dermógrafos devem ter o registro nº 80485730022.

Por isso, antes de adquirir um pigmento para realizar o seu trabalho, veja se o pigmento carrega esse registro na embalagem e confira a veracidade da informação no site da Anvisa. Não se esqueça de realizar a esterilização dos materiais.

Confira quais são os pigmentos de maior sucesso no mercado

Outra forma de realizar uma boa escolha é com pesquisa. Confira as novidades e veja quais são os pigmentos de maior sucesso no mercado. Converse com as colegas de profissão e, sempre que possível, teste todos os itens que estão do topo da lista dos mais procurados.

Avalie o processo de cicatrização nas clientes

Além de testar os produtos, é muito importante acompanhar o processo de cicatrização das clientes. Peça para que elas descrevam os efeitos e comuniquem qualquer incômodo que possa surgir. Essa análise é fundamental para evitar infecções e complicações no procedimento.

Qual a diferença entre a linha orgânica e a inorgânica?

Como o próprio nome diz, a linha orgânica tem origem natural: madeira, papel e plantas. Como é formada de partículas minúsculas, ela tende a possuir mais brilho e fixação na pele. Além disso, apresenta uma grande variação de cores.

Já a linha inorgânica é produzida a partir de rochas, minério e pedras, principalmente óxido de ferro. Esses materiais dão aparência fosca e podem deixar o design com um efeito mais natural. No entanto, o processo de fixação é mais demorado devido às partículas maiores.

Quais são as marcas de destaque no mercado?

Conhecer as principais e mais confiáveis marcas disponíveis no mercado é um bom ponto de partida para montar o estoque. E lembre-se de que essa informação não é fixa, é preciso atualizar-se sobre as novidades constantemente. Confira as marcas mais procuradas:

  • Iron Works;
  • Eletric Inks;
  • RB Kollors;
  • MAG Collor.

Essas marcas são famosas pela sua qualidade, portanto, se estiver em dúvida, dê preferência a uma delas. Mas vale lembrar que você não deve misturar marcas diferentes. Além disso, de nada adianta ter o melhor pigmento se falhar em outras etapas, como ao dosar o peso da mão ou ao aplicar o anestésico. Importante também utilizar bons materiais e fazer o movimento correto de vai e vai com a lâmina.

Se você chegou até aqui, já sabe quais são os principais critérios para definir o melhor pigmento para micropigmentação. Use as suas habilidades e preferências para complementar o trabalho e oferecer o melhor para as suas clientes.

Gostou das informações? Então confira os pigmentos disponíveis em nosso site.

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-